Americas Center

Email
Print Friendly
A A A

Annual Review

Mensagem do Vice-Presidente Todd Greene

Photo of Todd Greene Nos últimos anos a América Latina experimentou um renascimento econômico. As economias da região se deram relativamente bem durante a recente crise econômica global, e a região viveu um período de crescente prosperidade, uma vez que as preocupações sobre riscos na economia global estavam focadas na Europa e nos Estados Unidos.

Assim como as economias da América Latina cresceram nos últimos anos, o mesmo ocorreu com as suas relações com o Sexto Distrito do Federal Reserve. A Unidade de Análise de Risco País e de Instituições Bancárias Estrangeiras (FBO) do FED de Atlanta está colaborando ativamente com parceiros regulatórios e do setor bancário da região como parte de suas responsabilidades de fiscalização e de longo alcance. O serviço FedGlobal® ACH Payments viabiliza vários serviços de pagamentos internacionais eficientes e de baixo custo, a Agência de Miami presta serviços de caixa a 33 países da América Latina e do Caribe e os economistas do Departamento de Pesquisas do FED de Atlanta estão em contato com colegas dos bancos centrais de todo o hemisfério à medida que desenvolvem novas ferramentas de análise e previsão.

Temos muito o que aprender com a região, à medida que esta enfrenta os desafios do desenvolvimento dos setores econômico e financeiro. Passei por essa experiência em 2011 quando visitei a região e me relacionei com parceiros em Lima e em São Paulo para aprender sobre as micro-empresas na América Latina. De fato, os progressos do crescente setor de micro-empresas da região oferecem várias lições para os Estados Unidos.

O último ano foi um sucesso para o Centro das Américas. Nós compartilhamos alguns dos destaques das iniciativas de longo alcance e outras iniciativas do centro neste Relatório Anual. Nós organizamos com sucesso a conferência em Miami sobre serviços bancários ao consumidor "Fortalecimento da Rede de Segurança Financeira nos Mercados Emergentes" e realizamos, em parceria com o Centro para Políticas do Hemisfério, da Universidade de Miami e com o World Affairs Council, uma mesa redonda sobre os desafios econômicos da América Latina, cujo moderador foi o Presidente do FED de Atlanta, Dennis Lockhart. Um dos principais destaques de 2011 foi a visita do Presidente Lockhart a Santiago, Chile e São Paulo, Brasil, onde se reuniu com colegas do banco central, banqueiros, reguladores e estudantes. Convido vocês a lerem (e conferirem nosso website) sobre mais detalhes das conquistas do ano.

Ao olharmos adiante para 2012, veremos que o Centro das Américas estará envolvido em uma série de iniciativas estritamente alinhadas com a nossa missão de dar suporte às responsabilidades do FED de Atlanta nas principais questões de fiscalização, financeiras e econômicas relacionadas às Américas. Nós estamos interessados na sua opinião sobre nossas iniciativas e convidamos vocês a entrarem em contato conosco para conhecermos  suas opiniões, ideias e propostas de programas.

Conteúdo :: Página próxima